Filter
  • Matrículas e renovação de matrículas

    Consulte aqui como proceder às matrículas e renovação de matrículas para os graus de educação e ensino pré-escolar, básico e secundário no ano letivo 2018-2019 

    Legislação

    ü  Despacho 5106-A/2012 do Ministério da Educação e Ciência publicado a 12 de abril de 2012 que procede a alterações nas normas relacionadas com as matrículas, distribuição dos alunos por escolas e agrupamentos, regime de funcionamento das escolas e constituição de turmas.

    ü  Despacho Normativo 6/2018 de 12 de abril de 2018 do Ministério da Educação que define os procedimentos da matrícula e respetiva renovação para a escolaridade obrigatória das crianças e dos jovens entre os 6 e os 18 anos e quais as normas a observar na distribuição de crianças e alunos, estabelecendo-se, entre outros, as prioridades na matrícula no ano letivo em 2018/2019.

    Outro material a consultar

    ü  FAQ_Matriculas_2018

    O pedido de matrícula deve ser feito via Internet (www.portaldasescolas.pt) com o recurso à autenticação através de cartão de cidadão (sempre que possível e quando esta modalidade estiver disponível) ou de modo presencial nos locais indicados pelos estabelecimentos de ensino.

     Documentos Necessário no ato de matrícula

     

                                                                                                             A Diretora,

                                                          Paula Cristina de Barros Teixeira dos Santos

    Link úteis:

    Despacho Normativo n.º 6/2018

    Despacho n.º 5106-A/2012

    Perguntas Frequentes Matrículas na Rede de Ensino Público

     

  • Visita de estudos do 8ºano

    Visita de estudos do 8ºano

    No dia 11 de maio de 2018, os oitavos anos da Escola Secundária Dr. António Granjo, no âmbito das disciplinas de Ciências Naturais, Físico-química e História, visitaram vários locais do concelho de Boticas.

    Na empresa das águas de Carvalhelhos pudemos ver a linha de vidro em funcionamento, onde se faz o engarrafamento tanto da água natural como a água com gás. Aí visitamos também o laboratório onde se analisam diariamente os parâmetros físico-químicos e bacteriológicos da água.

     

    No Boticas Parque- Natureza e Biodiversidade tivemos o privilégio de observar um espaço magnífico, muito bem cuidado, com fauna e flora da região. Iniciamos a visita a ver o funcionamento de um moinho, fizemos um percurso ao longo do rio Beça, entramos no borboletário, observamos a biodiversidade do tanque dos anfíbios e do viveiro das trutas, estivemos na plantação de ervas aromáticas, e deliciamo-nos com os animais da quinta.

    Nesse espaço aproveitamos para almoçar e realizar algumas atividades lúdicas.

     

    Rio Beça 

     

    Tritão de ventre laranja

     Viveiro da trutas

      

     Parque lúdico do Parque de Biodiversidade

    Ver o funcionamento da estação de triagem da RESINORTE, foi outra das nossas paragens. Aí verificamos a enorme quantidade de resíduos que entram nesta unidade diariamente. Constatamos também que o aterro sanitário está em processo de enchimento acelerado em virtude de a população não fazer a correta separação dos resíduos.

      

     Estação de triagem da RESINORTE

      Aterro sanitário da RESINORTE

    Outro local visitado foi o Centro de Interpretação do Vale do Terva (PAVT), que nos deu a conhecer a forma como a população viveu nessa região ao longo dos tempos. Fizemos também o trilho Natura que nos levou até à Lagoa do Brejo, localizada nas antigas minas de ouro romanas, onde existe um observatório de aves. Durante o percurso observamos ainda vários moinhos e a levada de água.

     

    Centro de Interpretação do Vale do Terva  

       Observatório de aves da lagoa do Brejo